Que tal comprar um plano de negócios pronto passo a passo?


Você que é um empreendedor que busca montar uma empresa que seja bem sucedida, pode precisar de um plano de negócios pronto do dia para a noite, e nós podemos te ajudar nisso. A melhor parte de investir em um plano de negócios e trabalhar com ele é que você pode antecipar qualquer possível problema que possa aparecer. Também é possível criar algumas estratégias diferentes para cada tipo de situação, de modo a nunca ser pego desprevenido.

Mas mais que isso, muitas vezes você tem uma ótima ideia e se depara com uma oportunidade única de captar investimento para colocá-la em prática, mas quase sempre para isso, é preciso de um plano de negócios pronto, bem estruturado. Além do plano de negócios, o plano de marketing e um projeto de pesquisa pronto podem ser importantes.

Plano de negócios simplificado: explicações básicas

A ideia central que envolve o Plano de Negócios é que ele tenha um propósito de ajudar os empreendedores a planejar e a descrever o negócio que tenham em mente. O plano de negócios também tem espaço para os objetivos e o passo a passo para implementação do negócio. Várias facetas são colocadas em jogo e confrontadas quando necessário: estratégias de comunicação, mercadológicas, operacionais, financeiras, entre outras. Com um bom planejamento, é como se você tivesse um mapa para saber por onde e como navegar com o seu negócio.

Mesmo os empreendedores menos conservadores, que gostam de inovar na forma de fazer negócios e ganhar dinheiro, reconhecem a importância de um plano de negócios para dar o pontapé inicial em qualquer projeto que tenha um bom potencial para dar certo. Sem o plano de negócios, as chances de não dar certo são enormes, já que qualquer coisa que fuja do esperado será encarada como uma surpresa desagradável e colocará a empresa em risco, o que não acontece quando se tem um plano de negócios estruturado.

Ou em situações ainda mais determinantes, podemos pensar na importância deste plano estratégico com relação ao investimento necessário e à saúde financeira da sua empresa de modo geral. Já imaginou, por exemplo, se você resolve abrir um restaurante, começa a investir em várias coisas, e no fim das contas percebe que o dinheiro que você tem é insuficiente? Ou que não tem dinheiro em caixa suficiente para passar os meses necessários para que o negócio comece a dar lucro… Enfim, as possibilidades de algo dar errado são muitas quando não se planeja em detalhes um negócio.

Exemplo de Plano de Negócios – Vantagens

Muitos empreendedores e empresários acabam buscando exemplos de planos de negócios tal como estudantes buscam modelos de tcc pronto, mas a verdade é que não existe um modelo ou referência ideal que deva ser seguida para um plano de negócios. Você pode produzir este material de diversas formas diferentes, mas as vantagens são sempre as mesmas.

Confira quais as melhores formas como um plano de negócios pode ajudar a você e ao seu negócio:

  • Delineamento de cenários competitivos que sejam mais ou menos favoráveis
  • Preparação para adversidades, problemas e contingências, o que inclui planos de contingência para diversas situações
  • O preço plano de negócios é pago só no valor que você pode economizar com imprevistos evitáveis
  • Acompanhamento da concorrência, com indicadores e comparativos

Beleza, agora você já compreendeu por que é importante contar com um plano de negócios bem estruturado. Então bora entender algumas coisas que servem como exemplo de plano de negócios.

Algumas etapas são essenciais, e nem todas podem ser importantes de serem incluídas no seu plano, porém, todas devem ser no mínimo consideradas. Como empreendedor e gestor do seu negócio, é imprescindível que você ao menos reflita sobre estas sei questões. Confira abaixo mais informações sobre cada um dos elementos essenciais para ter um plano de negócios pronto:

Analisando o mercado e a concorrência

É claro que você deverá fazer uma análise completa de mercado, o que naturalmente inclui seus concorrentes e os públicos em potencial deste mercado. É importante que se faça uma análise minuciosa de preços, custos, fornecedores, concorrentes, clientes, tamanho do mercado, Market share, etc. Assim, você estará munido de informações para tomar decisões com qualidade e sabedoria.

Use e abuse da segmentação de clientes

Não há dúvidas de que uma das coisas mais importante de um plano de negócio é a segmentação de cliente. E o que significa isso? Bem, você deve pegar todos os clientes que são parte de um determinado mercado e tentar segmentá-los através dos critérios mais reveladores e úteis para seu negócio. Depois, deve focar sua comunicação e toda a lógica do marketing da sua marca em um ou, no máximo, dois destes segmentos, para conseguir converter um bom número de clientes.

Como funciona isso na prática? Bem, pensemos no mercado de marcas de café para o consumidor final, a qual está chegando agora no mercado e precisa fazer um plano de negócios para prosperar. Como poderíamos segmentar o público deste mercado? Uma segmentação aceitável seria dividir estes consumidores de café entre aqueles apreciadores, que entendem do universo cafeeiro; os que tomam muito café, mas apenas para se manterem acordados; e aqueles que tomam café mais esporadicamente, para receber visitas.

Sendo a marca hipotética da qual estamos falando, uma marca de cafés artesanais, de bom gosto, seria importante focar no segmento de apreciadores de café. Esse segmento certamente tem uma predominância de um determinado gênero, idade ou outros recortes demográficos importantes que podem ser usados na hora de direcionar a comunicação, conforme comentamos antes.

Trabalho pronto plano de Negócios

Para que você possa encomendar um plano de negócios com alguém, ou para que possa receber assessoria na hora de escrevê-lo, é bom se preparar para responder alguns questionamentos importantes para um trabalho mais assertivo.

Veja alguns exemplos de perguntas deste tipo, que você deve tentar definir para seu negócio antes de começar a trabalhar no plano de negócios concretamente falando:

  • Como posso descrever meu produto ou serviço? Para que ele serve ou quais são os seus possíveis usos?
  • Qual o patamar do preço do meu produto em relação à concorrência e o mercado, no geral?
  • De quais formas seu produto ou serviço se destaca com relação à concorrência?
  • Qual o tipo de pessoa que vai atrás de comprar o seu produto ou adquirir seu serviço?
  • Qual a melhor estratégia de negócios para a entrada da sua empresa no mercado em questão?
  • Como você fará a logística de entrega do seu produto ou serviço a seu cliente final? Qual o tamanho da demanda que sua empresa pode suportar?
  • Como você pretende fazer com que o cliente saiba que seu produto existe?

A importância de um plano operacional

Quando falamos em operações, estamos falando do dia a dia do seu negócio e de como ele irá, de fato, funcionar. Ou seja, que horas vai abrir, onde estará localizado, de que forma será feito o atendimento, quanto custarão seus produtos ou serviços, etc.

A importância de um plano financeiro

Mais importante do que a maior parte dos fatores que compõem o seu negócio é o fator das finanças. Um plano financeiro é essencial para que seu plano de negócios vá bem e você não perca as rédeas da sua empresa. Afinal, sem um caixa saudável e um bom planejamento financeiro, não existe empresa que se aguente em pé, não é mesmo?

Para desenvolver um plano financeiro de qualidade, que reflita, de fato, o cenário real e transparente das finanças de seu negócio, é importante que você não deixe de lado nenhuma informação a ser incluída nele: ou seja, todos os tipos de custos que envolvam a manutenção da sua empresa, deverão ser considerados na hora de pensar em como gastar bem, ou como gastar melhor, o dinheiro da sua empresa.

Mini plano de negócios pronto

Outra opção que pode ser uma boa para quem está precisando de um plano de negócios rápido e sem complicação – apenas para colocar de pé uma ideia que está pendente – é o desenvolvimento de um mini plano de negócios. E o que seria isso? Bem, um plano de negócios mais enxuto, mais conceitual e não tão prático, servindo para animar os investidores e abrir novos caminhos para os mercados.

Ah, é importante dizer que você sempre deve fazer várias revisões minuciosas de seu plano de negócios, o que inclui não só uma revisão acerca de seu conteúdo, mas de sua forma no geral – contando layout, diagramação dos slides ou das páginas, e coisas do tipo. Também vale mencionar a importância de que seu plano de negócios tenha um português impecável, sem erros de ortografia e com uma redação direta, simples, objetiva e no tom mais adequado para o mercado: um mercado sério exige um tom mais formal, enquanto empresas de mercados mais descontraídos podem arriscar um plano de negócios num formato mais inovador.

Autora: Sofia Barros Cunha
Editor do Site em comprartcc.com.br