Como fazer a introdução de um TCC – Aprenda o passo a passo

A introdução é a parte inicial de um texto, seja em um ensaio, um livro, uma monografia ou um artigo. Nesta primeira parte, o texto é colocado em um contexto específico e geralmente é expresso um resumo do que será explicado ou desenvolvido no corpo do texto. Na introdução o leitor se familiariza com o assunto, como fazer a introdução de eum tcc, como fazer um bom tcc, etc.

A introdução corresponde à ação e efeito de introduzir algo ou entrar em algo. Em um texto científico, técnico ou popular, é provável que a introdução receba outros nomes, como resumo, síntese ou prefácio. A introdução sempre precede o capítulo um.

Após a introdução, desenvolve-se o corpo do texto (também denominado “desenvolvimento”) e, por fim, o desenlace, término ou conclusão, dependendo do tipo de texto em questão.

Como fazer a introdução de um pré projeto de TCC

Listamos abaixo todos os pontos importantes que você deve levar em conta sobre uma introdução em um TCC. Lembrando que estamos considerando um TCC aqui como sendo um trabalho de conclusão de curso de qualquer tipo: pode ser desde uma monografia até um artigo científico, não importa. Como fazer monografia? Como fazer um artigo científico? Veja todas as informações que precisa para ter seu TCC pronto.

  • Junto com o desenvolvimento e a conclusão, a introdução é uma das três partes principais de um texto, muitas vezes considerada como uma das partes obrigatórias a se desenvolver em um documento.
  • A introdução costuma oferecer um resumo que detalha o conteúdo a ser desenvolvido no documento.
  • Pode ser encontrada em ensaios, trabalhos acadêmicos, livros e artigos, e tem a mesma finalidade e objetivo em todos os tipos de produções textuais.
  • Pode incluir um resumo e um prefácio, prefácio ou agradecimentos.
  • A introdução deve ser curta e breve em relação ao corpo do documento. Além de também esperarmos que seja sintética e explicativa, de modo que não pode ser repetitiva.
  • Deve ser redigida no mesmo tom, registro e com o mesmo tipo de linguagem que será utilizado ao longo do restante do documento.
  • É utilizada para captar a atenção do leitor e orientá-lo sobre a escrita a ser lida.
  • As introduções podem ser encontradas na música e no discurso oral.
  • Em uma obra literária, a introdução coloca no tempo e no espaço e introduz os personagens.

Como desenvolver um bom projeto de TCC

Na introdução de um texto de pesquisa, há certos elementos que devem ser incluídos, pois facilitarão a compreensão do tema e darão ao leitor um vislumbre da pesquisa.

Qualquer introdução deve descrever:

  • O que? Breve descrição do tema da obra, para que o leitor saiba o que encontrar no texto.
  • Por quê? e para que? O motivo e a importância da pesquisa sobre aquele tema ou fenômeno e quais os objetivos e abrangência esperados. Podem ser incluídos os antecedentes existentes sobre o assunto em estudo.
  • Quão? A metodologia e a forma como a pesquisa foi realizada.
  • Como fazer uma introdução?

As informações mais relevantes são selecionadas na introdução.

Uma introdução deve apresentar o conteúdo que será desenvolvido no decorrer do projeto, assim como sua metodologia de pesquisa e, de preferência, as referências que irá utilizar. Pode-se, também, ilustrar qual o resultado esperado. A introdução deve ser sucinta e apresentar as ideias que serão desenvolvidas no decorrer da pesquisa.

Introdução de um TCC exemplos

A introdução marca as diretrizes e o caminho para a redação de todo o conteúdo (o desenvolvimento e a conclusão). Uma introdução clara ajudará na compreensão e redação de todo o trabalho de pesquisa, embora modificações possam ser feitas à medida que a redação progride.

Para apresentar um texto acadêmico ou de pesquisa, você pode seguir uma série de etapas:

Primeira sentença: Uma citação, anedota ou pergunta retórica que captura a atenção do leitor.

Descrição: A explicação simples e concisa do tema a ser discutido (também no primeiro parágrafo).

Fundo: O ponto de partida a partir do qual a investigação começa. O que está escrito ou pesquisado sobre a questão? O referencial teórico permitirá conhecer a originalidade e a novidade (ou não) da pesquisa.

Metas: O objetivo da pesquisa e da escrita (gera expectativas e capta a atenção do leitor). Podem ser incluídas perguntas retóricas que posteriormente serão respondidas ao longo do documento.

Ideias encadeadas: Uma lista ou um parágrafo com os tópicos ou subtópicos sobre os quais o trabalho vai tratar. Você deve sempre ir do geral ao particular e pode usar recursos como marcadores, perguntas retóricas, citações de autores.

Método: A metodologia e os procedimentos utilizados para a investigação. Você pode incluir uma bibliografia ou uma citação de um autor reconhecido no assunto em estudo.

Conclusão: A passagem para o corpo do texto. Você deve deixar um cenário aberto e perguntas no leitor que o encorajem a continuar lendo.

Uma introdução deve sempre ser entendida no contexto de uma estrutura maior. Os outros dois elementos básicos de um texto, o desenvolvimento e a conclusão, são os que dão sentido à introdução.

No desenvolvimento, também denominado corpo, são expostos os tópicos previstos na introdução e tenta-se atingir os objetivos enunciados. É a parte central da investigação.

Você pode desenvolver exemplos, trabalho de campo e resultados com gráficos, estatísticas e explicações de causa-consequência. Geralmente inclui citações ou referências a autores. Os resultados e os métodos usados ​​para chegar a eles devem ser declarados.

O desenvolvimento pode ser organizado em diferentes parágrafos ou capítulos dependendo da extensão do texto final. É fundamental que as informações sejam expressas de forma clara e organizada. Você pode usar legendas, marcadores ou imagens que ajudam e facilitam a leitura.

A conclusão é a parte final do trabalho de pesquisa e deve ser clara e concreta (e não repetitiva). Apresenta as descobertas que foram alcançadas através de pesquisas (previamente detalhadas no desenvolvimento). Ele marca o fechamento e o fim do estudo. Além disso, determina a importância e contribuição da pesquisa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *